Principais dúvidas sobre a realização de exames clínicos

1. Comidas gordurosas afetam os resultados dos exames?
R- Sim.
Especialmente a dosagem de triglicérides, que caso o paciente tenha se alimentado de uma feijoada no dia anterior, o resultado de triglicérides estará falsamente elevado. Recomenda-se para o triglicérides, uma dieta normal de pelo menos 4 dias antes da colheita do exame, e neste caso em especial, sugere-se um jejum de no mínimo 12 horas, ficando sempre à critério médico determinar a necessidade de cada paciente.

2. Pode-se fazer exame de sangue, mesmo menstruada?
R- Sim.
Mas é muito importante que seu médico determine qual o melhor período de seu ciclo menstrual que será realizada a colheita do material.

3. Posso tomar “água” para fazer exames?
R- Sim.
A água não quebra o jejum, mas convém tomá-la com moderação, principalmente se for realizar exame de urina.

4. Sempre temos que desprezar o 1º. jato de urina para fazer o exame?
R- Sim.
Se não for descartado o 1º. Jato urinário, a amostra poderá conter material da uretra, contaminando a urina, consequentemente interferindo no resultado. É importante colher o “jato médio” para se obter uma boa amostra de urina. Se estiver menstruada, o rigor da colheita da amostra é maior, a fim de evitar a contaminação com sangue.

5. Há remédio que interfira nos exames e análises?
R- Sim, alguns.
Recomenda-se sempre consultar o seu médico, para saber a necessidade de interromper a medicação. Nos exames pré-operatórios, por exemplo, os antiinflamatórios e os antibióticos, podem interferir nas provas de coagulação.

6. Posso fazer exame no período da tarde?
R- Sim.
Desde que seja obedecido o tempo determinado de jejum para cada tipo de exame. Alguns exames, por exemplo, o hemograma o jejum é dispensado. Já outros exames não são colhidos à tarde, tais como o ferro, o cortisol entre outros. Recomenda-se consultar sempre o seu médico ou laboratório antes de sua realização.

7. Pode-se fazer exame de sangue com febre?
R- Sim.
Muitas vezes este é o motivo para se investigar uma possível gripe, resfriado e ou algum outro tipo de infecção. Consulte sempre o seu médico antes da realização de qualquer exame.

8. E a Aspirina, muito comum em medicamentos, qual a influência dela nos exames?
R- O nome científico é ácido acetilsalicílico (AAS) e pode estar associado com vários medicamentos, realmente, tais como o Melhoral, Cibalena, Doril, Buferin e Engov dentre outros, e interferem principalmente nos exames de coagulação sanguínea.

9. Pode-se fumar antes de fazer exames?
R- Recomenda-se não fumar no dia do exame, pois alguns testes podem sofrer alterações em decorrência do fumo.

10. Pode-se fazer exames após exercícios físicos?
R- Alguns exames necessitam que o paciente esteja em seu estado “basal”, estado este onde foram definidos os valores referenciais. Por exemplo, o teste de PSA (antígeno prostático específico) e a glicemia, sofrem alterações significativas, por isso recomenda-se que não sejam realizadas colheitas de exames laboratoriais após esforço físico.

11. É necessário jejum para colher exame de fezes?
R- Não.
Pode ser colhido em casa e a qualquer hora do dia ou da noite, deixando o material em local fresco, até a entrega.

12. O álcool pode alterar os resultados de exames?
R- Sim.
As bebidas alcoólicas, qualquer uma delas (exemplo: cervejas, vinho, uísque) devem ser evitadas por 72 horas antes da colheita de exames laboratoriais. O álcool altera as dosagens de colesterol e principalmente o de triglicérides.